Tudo sobre a produção de uvas e vinhos do Brasil

Artigos recentes

Os vinhos de altitude de Santa Catarina são a nova sensação

Posted on April 25, 2013 at 6:50 PM

     A nova sensação brasileira de vinhos finos são os vinhos de altitude do estado catarinense. Com a escolha do melhor vinho espumante nacional e melhor vinho tinto nacional de outras regiões (exceto serra gaúcha) no Top Ten 2013 da Expovinis, os vinhos catarinenses firmam de vez a sua posição como excelentes produtores de vinhos finos brasileiros.


     O Rosé brut 2012 da vinícola Villaggio Grando é o grande campeão na categoria espumante nacional e, na categoria tinto nacional, o Basaltino tinto fino seco 2012 sagrou-se campeão. A associação catarinense dos Produtores de Vinhos Finos de Altitude – Acavitis ainda premiou no Top Ten 2013 o segundo lugar vinhos tintos nacionais de outras regiões com o Zelindo da vinícola Suzin.


     A trajetória da vitivinicultura na Serra Catarinense iniciou quando a Epagri, empresa de pesquisa agropecuária do Estado, incentivou a implantação de vinhedosde uvas finas quando constatou a adaptação destas cultivares na Região, iniciando, no ano de 1999, em São Joaquim, o primeiro empreendimento vitivinícola comercial de vinhos finos em Santa Catarina. No ano de 2000, outros empreendimentos iniciaram seus projetos e se sucederam até no decorrer da criação da Associação Catarinense dos Produtores de Vinhos Finos de Altitude - Acavitis. Hoje, são mais de 20 empreendimentos na Região divididos entre empreendimentos individuais e coletivos, somando 200 hectares de vinhedos.


     Abrange três regiões produtoras: São Joaquim, Caçador e Campos Novos, sendo que os vinhedos estão instalados acima de 900 metros de altitude, com solos pedregosos e de excelente drenagem. O clima temperado seco, com invernos rigorosos e temperatura média anual de 13º C, propicia as condições ambientais necessárias para a produção de vinhos de qualidade diferenciada.



     A altitude da região proporciona condições específicas de clima que atuam de forma peculiar e podem contribuir positivamente no potencial da viticultura. Fatores como o solo, índice de raios solares e baixa temperatura são determinantes para acentuar o sabor das uvas vitiviníferas, agregando assim maior valor ao produto. A amplitude térmica nestas condições propicia atividades de vegetação e frutificação mais lentas, o que implica em período mais longo de maturação da uva, com aumento da concentração dos polifenóis, enriquecendo os aromas dos vinhos.


     A Acavitis possui uma Marca Coletiva, que visa assegurar o alto padrão de qualidade dos vinhos produzidos sob um rigoroso controle dos padrões previstos pelo Instituto Catarinense de Tecnologia Vitivinícola - ICTV e registrados junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial - INPI. Cada garrafa de vinho é certificada após passar por um conjunto de avaliações laboratoriais e sensoriais que garantem o padrão de qualidade Acavitis. 

   

     Nesta região ainda produz-se o primeiro e único vinho do gelo, ou “ice wine” brasileiro, uma vez que ocorrem naturalmente condições de frio intenso para sua elaboração. O Pericó Vinho do Gelo é um vinho licoroso elaborado com uvas colhidas maduras e congeladas naturalmente nos vinhedos (temperatura de -7,5º C) no final do outono, cultivados em espaldeira, com uma produção de somente 0,5 kg por planta.

 

    Não é de hoje que estes produtores se destacam no cenário brasileiro de vinhos, tampouco, que são premiados em concursos. Mas tendo em vista a repercussão desta premiação neste importante evento de negócios de vinho no país, pode se esperar um maior reconhecimento e uma maior demanda dos vinhos de altitude catarinense a partir deste ano. Reflexo da profissionalização e do apeferfeiçoamento da vitivinicultura brasleira, que, além das já consagradas regiões produtoras de vinhos e espumantes, pode contar também com os espumantes e os vinhos de Santa Catarina!




Fontes: http://www.acavitis.com.br/

http://www.vinicolaperico.com.br/

Categories: Regiões vitícolas, Notícias, curiosidades

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

0 Comments