Tudo sobre a produção de uvas e vinhos do Brasil

Artigos recentes

Música para as vinhas ouvirem

Posted on April 15, 2013 at 4:55 PM

     Na África do Sul, uma vinícola utiliza esta técnica inusitada de por música clássica para as videiras "ouvirem" ao longo do ano. Seus vinhos são vendidos por cerca de 15 dólares nos EUA. Mas o primeiro cultivo de uvas musical do planeta é atribuido a outra vinícola, na Itália, em Toscana.


    Segundo notícia veiculada no Jornal Nacional ano passado (05/10/2012), “um engenheiro agrônomo afirma que a música ajuda a afastar insetos ou parasitas. O professor Stefano Mancuso, pesquisador da inteligência das plantas na Universidade de Florença, explica que a vibração da música estimula a produção de polifenóis, substâncias responsáveis pelo gosto agradável, e que dão ao vinho aquela característica saudável se consumido em pequenas doses.” Os efeitos estão sendo estudados por pesquisadores das universidades de Florença e Pisa.


    Na África do Sul também não há resultados científicos sobre o assunto, mas uma pesquisadora de Pretória está estudando se há alguma influência e acha que as notas musicais fortalecem o crescimento das plantas. O dono jura que as safras duraram por mais tempo nos anos em que tem praticado a técnica.


     Fisiologicamente, as plantas não possuem estruturas sensitivas similares ao nosso sistema auditivo para que possam perceber o som. O som é uma onda mecânica, uma onda sonora, portanto o que pode acontecer é que as ondas emitidas pelas caixas de som provoquem algum tipo de estresse mecânico nas plantas, o que então desencadearia uma série de reações bioqúimicas de forma a estimular a produção de polifenóis, que foi o relatado pelo professor Stefano Mancuso. 


    Neste caso, talvez haja outras formas mais eficazes em provocar tal estresse ou até a necessidade de encontrar as frequências de ondas que o provoquem de forma mais eficiente. Talvez ainda, o “barulho” gerado pelas caixas, de certa forma afugente alguns tipos de pragas que possuam a capacidade de ouví-lo, mas o grande fato é que ainda é cedo para que possamos concluir algo plausível de efeitos acerca do assunto.

  

    De qualquer forma, estes vinhos já estão à venda e como uma proposta de marketing parece estar dando certo. O “romantismo” de beber um vinho de uma planta que cresceu ao som de música clássica encanta muita gente e, além do mais, esses vinhos podem ser muito bons com a dedicação que essas videiras recebem. Sem contar que os trabalhadores rurais realizam todas as atividades de poda, amarrio, colheita e todas as demais com o prazer de ouvir uma boa música, certamente menos estressados e mais dedicados no que fazem, gerando assim, vinhos com grande qualidade.


     Abaixo vídeo com a reportagem sobre o caso da África do Sul. A reportagem da vinícola na Itália você pode conferir no  g1.globo.com.


You need Adobe Flash Player to view this content.




Categories: viticultura, Vídeos, curiosidades

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

0 Comments